Preta Gil fala sobre processo de aceitação: “Hoje eu tenho uma satisfação imensa com meu corpo” (Foto: Reprodução/Instagram)

Em entrevista para Alexandra Gurgel, Preta Gil comentou como foi seu processo de aceitação do corpo, rejeitando padrões e aprendendo a se amar.

+ Preta Gil visita o pai, Gilberto Gil, e se declara: “Denguinho”
+ Samara Felippo sobre pressões estéticas: ‘padrão que a sociedade impõe’
+ Nanda Costa revela sobre o receio em assumir sexualidade para a família: ‘achou que era fase’

“Eu sou uma mulher fora dos padrões. Nunca fui P, M. Sempre fui G, GG. Mas eu era muito feliz com meu corpo. Não tinha essas questões. Conforme as pessoas foram me criticando, fui caindo na armadilha: fiz lipo, fiz dieta… tudo. Aí, de repente, abriu um buraco dentro do meu peito de uma insatisfação muito grande”, contou ela.

Relacionados

Ao rejeitar os padrões, Preta disse que se sente muito mais liberta e em paz com seu corpo. “Hoje eu tenho uma satisfação imensa com meu corpo. Eu consigo enxergar o que as pessoas chamam de imperfeição, de história”, ressaltou.

Segundo ela, busca cuidar do seu corpo para se manter saudável e não para seguir uma expectativa da sociedade. “Se eu fosse padrão, eu seria apenas mais uma. Eu tenho essa noção de que hoje eu consigo ser amada, ser desejada justamente por ser quem eu sou. É muito melhor ser diferente do que ser igual. É muito melhor ser única do que uma cópia dos outros”, finalizou a cantora.

Confira a entrevista na íntegra: