FKA twigs revela que Shia LaBeouf atirou em cachorro de rua para “entrar no personagem” (Foto: Reprodução/Instagram)

A cantora Tahliah Debrett Barnett, conhecida por seu nome artístico FKA twigs, contou tudo sobre seu relacionamento abusivo com o ator Shia LaBeouf, conhecido por seu papel em “Transformers“.

+ Rapper Lil Uzi Vert implanta diamante rosa avaliado em R$ 128 milhões na testa
+ Rumores de namoro entre Jennifer Aniston e Brad Pitt aumentam depois de selfie da atriz
+ Novo casal? Tom Cruise estaria namorando atriz da Marvel, Hayley Atwell

Em entrevista para a revista Elle, ela revelou que, durante seu relacionamento com ele, ele atirou em um cachorro de rua para “entrar no personagem” de seu filme “The Tax Collector“.

Segundo ela, ao questioná-lo, o ator apenas respondeu: “‘Eu levo minha arte a sério. Você não está me apoiando na minha arte. Isto é o que eu faço. É diferente de cantar. Eu não apenas subo no palco e faço alguns movimentos. Eu estou no personagem’. Ele me fez sentir mal, como se eu não entendesse o que era ser um ator ou fazer isso”, disse FKA twigs.

Relacionados

A cantora abriu um processo contra o ator em dezembro do ano passado. Dentre as acusações, estão agressão sexual e inflição de sofrimento emocional. “A recuperação foi a coisa mais difícil que já tentei fazer”, disse ela

FKA twigs também contou que o LaBeouf ficava com ciúmes dela com seus amigos. “Uma vez, ele me ouviu rindo no FaceTime com meu amigo. Ele veio e teve uma grande discussão comigo porque disse que não me fazia rir assim”, recordou ela. “Então tive que me esconder para rir com meus amigos. É isolamento, então eu não converso com meus amigos. Ele odiava que eu tivesse uma experiência para mim mesma com algo que não o envolvia.”

Em resposta ao processo da ex-namorada, o ator disse ao The New York Times: “Não estou em posição de dizer a ninguém como meu comportamento os fez sentir. Não tenho desculpas para o meu alcoolismo ou agressividade, apenas racionalizações. Tenho sido abusivo comigo mesmo e com todos ao meu redor por anos. Tenho um histórico de ferir as pessoas mais próximas de mim. Tenho vergonha dessa história e sinto muito por aqueles que magoei. Não há mais nada que eu possa realmente dizer.”