• Duda Nagle fala sobre sintomas da Covid-19 de Leda Nagle: “Foram graves”

    Duda Nagle fala sobre sintomas da Covid-19 de Leda Nagle: "Foram graves"
    Duda Nagle fala sobre sintomas da Covid-19 de Leda Nagle: “Foram graves” (Foto: Reprodução/Instagram)

    Mãe de Duda Nagle, Leda Nagle, publicou um vídeo em seu canal do Youtube para falar sobre a luta contra o coronavírus. Duda revelou que o estado de saúde da mãe foi muito grave.

    + Momento família: Sabrina, Duda, Zoe e Leda aparecem em selfie no espelho
    + Sabrina Sato fala sobre estado de saúde do pai internado com Covid-19 há 11 dias
    + Sabrina Sato e o marido, Duda Nagle, estão com COVID-19: “fomos surpreendidos”

    “Os médicos admitem que a ivermectina de 15 em 15 dias podem ter ajudado os sintomas a não serem tão fortes, a não serem tão violentos”, afirmou a jornalista sobre o remédio ainda sem eficácia comprovada contra o coronavírus.



    Mas Duda rebateu a mãe, dizendo que os sintomas dela foram, sim, graves. “Só esclarecendo: Seus sintomas foram de “médio” para uma UTI em hospital. Não foi médio comparado a população que pega. Comparado a eles, foram graves”, explicou Duda.

    Leda, no entanto, continuou dizendo que a internação na UTI tinha sido um “exagero”. Duda negou novamente. “Você bateu na trave. Você não sabe! Você estava dormindo, perdeu a noção do tempo, da realidade, com um monte de remédio. Por um triz você não teve que ir para a intensiva. A máquina já estava em 55%… A partir de 60%, você ia ser dopada para ficar desacordada. Foi no limite!”.

    Leda ficou surpresa com as afirmações de Duda. “Você vai deixar eles apavorados. Eu tô apavorada.”

    + Dicas fáceis de como limpar panela queimada
    + 19 erros que você não pode cometer ao planejar a cozinha
    + 26 curiosidades sobre a Porsche

    “A gente chegou a ter essa conversa várias vezes, foi quase na trave”, disse o ator. “Teve uma hora que fiquei rezando para a sua respiração aumentar.”

    A jornalista também comentou sobre a experiência durante a internação. “Todo mundo bota o terror em você. Entram a noite toda no quarto, você não dorme direito. Eu sei que é cuidado, mas tudo é inusitado e novo, diferente. Você fica assustado”, disse Leda. “Você demora a perceber que você realmente se contaminou. A dor de cabeça foi a mais forte, acompanhada de febre.”

    Leda ficou internada por 9 dias no hospital Albert Einstein, em São Paulo.

    Ela afirma que não sabe como contraiu o vírus. “Eu me resguardei muito! Entrei em casa dia 15 de março e saí dia 30 de agosto, a primeira vez. Não cheguei na porta. Abria a porta do elevador do meu andar, foi o máximo. Nem encontrei ninguém no elevador. Fiz tudo o que podia para não pegar.”

    Duda e a esposa, a apresentadora Sabrina Sato, testaram positivo no dia 9 de novembro. A filha do casal, Zoe, não teve nenhum sintoma. “O que podemos fazer quando estamos saudáveis é estar preparado para correr uma maratona. Fazer exames, check-up, fazer fisioterapia e melhorar a condição pulmonar”, afirmou Duda.

    arrow