• Paris Jackson relembra convivência com o pai, Michael Jackson: “Nós vimos de tudo”

    Paris Jackson relembra convivência com o pai, Michael Jackson: "Nós vimos de tudo"
    Paris Jackson relembra convivência com o pai, Michael Jackson: “Nós vimos de tudo” (Foto: Reprodução/Instagram)

    Em entrevista para o canal de Naomi Campbell, Paris Jackson, filha de Michael Jackson, comentou que o pai fazia questão de criar ela e seus irmãos com os pés no chão.

    + Filho de Michael Jackson celebra 4 anos de namoro: ‘tenho muita sorte’
    + Xuxa dá detalhes sobre pedido de casamento de Michael Jackson
    + Filha de Michael Jackson reune irmãos para post no instagram



    “Meu pai era muito bom em garantir que fôssemos cultos, ter certeza de que fôssemos educados, e não apenas nos mostrar como o brilho e o glamour, como hotéis cinco estrelas, hotéis lotados. Nós vimos de tudo. Do glamour aos países do terceiro mundo. Vimos todas as partes do espectro”, disse ela.

    Por conta de sua criação, muitas pessoas acham que suas conquistas não são suas próprias conquistas, pelo privilégio de ter um pai famoso. Ela ressaltou que não é bem assim.

    + Dicas fáceis de como limpar panela queimada
    + 19 erros que você não pode cometer ao planejar a cozinha
    + 26 curiosidades sobre a Porsche

    “Mesmo crescendo neste ambiente, nunca tivemos essa questão de ganhar coisas. Se quiséssemos cinco brinquedos da FAO Schwarz ou Toys ‘R’ Us, por exemplo, tínhamos que ler cinco livros. É sobre merecer, não apenas ter direito a certas coisas ou pensar ‘ah, eu consegui isso’. É como trabalhar para isso, trabalhar duro para isso, é algo totalmente diferente. É uma conquista”, explicou Paris.

    A cantora também contou que Michael influenciou seu estilo musical. “Ele amava música clássica e jazz e Hip Hop e R&B e obviamente as coisas da Motown, mas também gostava do Top 40 das rádios e adorava rock, rock suave, Beatles. Nós crescemos em torno de tudo isso e eu sinto que tudo isso de alguma forma influencia minhas coisas.”

    Confira a entrevista completa:

    arrow