• Mayra Cardi fala sobre conversão: “Não consigo mais usar filtro e decote”

    Mayra Cardi fala sobre conversão: "Não consigo mais usar filtro e decote"
    Mayra Cardi fala sobre conversão: “Não consigo mais usar filtro e decote” (Foto: Reprodução/Instagram)

    Mayra Cardi falou sobre sua conversão em uma live com Arthur Aguiar e desabafou sobre seus antigos costumes e hábitos que mudaram.

    + Mayra Cardi curte viagem com as amigas e faz desabafo sobre culpa
    + Caio Castro substitui Marcos Mion e é o novo apresentador de ‘A Fazenda’, diz colunista
    + Andressa Urach: “Meu bumbum ficou guardado por seis anos e parece que o Brasil saiu do eixo”



    “Sempre gostei de ser uma pessoa muito livre, postei muitas fotos do jeito queria. Se eu pudesse postava foto pelada, mas o Instagram me derrubaria… Sempre gostei dessa liberdade em todos os sentidos, com o meu corpo, com o que eu falo… Deus entrou na minha vida. Muda tudo quando ele entra, seus valores mudam. Nunca me preocupei com a opinião dos outros, sou muito segura do que eu quero. Mas não consigo mais usar filtro de Instagram e não consigo mais usar decote”, justificou ela.

    Mayra também contou de uma ocasião em que se sentiu incomodada na piscina. “Eu estava na piscina e o Arthur começou a me filmar. Fiquei incomodadíssima. Eu de maiô de velha e feliz. E ele: ‘O que foi? Você não queria que eu te filmasse? Está incomodada?’. É assim que eu me sinto no século 21”, disse.

    Mas, salientou que não pretende deletar suas fotos antigas. “O Arthur me falou: ‘Como é que você olha a sua rede social e se sente?’. E eu: ‘Muito feliz’. Não vou apagar absolutamente nada. Aquela era eu. Me sentia muito segura. Graças ao meu passado, sou quem eu sou hoje. Não apago nada do meu passado e não quero esquecer nada. Inclusive em todos os âmbitos e erros da minha vida.”

    Arthur também aproveitou para falar sobre o fim do casamento com Mayra, que foi causado por traições do ator. “Pessoas próximas a mim me perguntavam se eu não tinha vontade de esquecer tudo o que aconteceu. Não queria. Quando a gente esquece o que aconteceu com a gente, a probabilidade da gente fazer o erro novamente é muito grande. A gente tem que olhar para nossos erros, ter consciência, assumir as nossas responsabilidades e ter certeza de que aquele lugar é o que a gente nunca mais quer voltar”, analisou ele.

    arrow