Luana Piovani fala sobre separação com Pedro Scooby: “Casamento falido” (Foto: Reprodução/Instagram)

Em participação no programa Júlia, da TV portuguesa, Luana Piovani falou sobre o processo de separação com o ex-marido, o surfista Pedro Scooby.

+ Luana Piovani revela que sofreu abuso sexual durante a infância
+ Pedro Scooby e Cintia Dicker revelam já terem feito sexo em avião: “a gente gosta da adrenalina”
+ João Figueiredo sobre Sasha Meneghel: “Incrível em todos os aspectos”

Luana decidiu se mudar para Portugal porque queria uma vida melhor para os filhos. “Eu morava em condomínio fechado, andava de carro blindado, só ia a lugares que já conhecia muito. E assim, você está no carro teclando, uma pessoa passa, e você toma susto. Eu já fui assaltada de todas as maneiras no Brasil. Quando tive os meus gêmeos, pensei, ‘não quero que eles sejam os filhos da Luana Piovani, que vivam em uma bolha e andem de carro blindado de lá e para cá, que sejam uns playboys da vida’. Quero que eles tenham a liberdade que eu tive de pegar uma bicicleta e ir para a casa do colega, ter certeza que estão no ônibus e não tenham medo de ser assaltados ou tomar uma facada porque estão vestindo um tênis bacana”, contou ela.

Relacionados

Assim que chegou, se separou de Pedro Scooby. “Levamos três anos para nos organizar. Me mudei de país com três crianças pequenas em pleno inverno, atravessei um oceano e quando cheguei me vi sozinha. Mas acontece. Tem muita gente casada que é sozinha. Eu já havia reparado nisso e por isso que eu já havia separado do meu ex-marido. A gente tinha tido um pequeno break, expliquei as questões, quatro meses depois, ele voltou, nos reorganizamos ele assumiu os compromissos, eu os meus. Dois anos depois, notei que o que havíamos combinado não estava sendo cumprido e sou uma mulher muito prática. Só tenho uma vida. Não vou pegar os cem anos que me deram nessa vida e enterrar em um casamento falido”, explicou Luana.

Luana ainda explicou o que não deu certo no relacionamento dos dois. “Não é fácil. Ninguém casa para separar. Casei muito apaixonada e até porque ele sugeriu. Ele é uma pessoa que eu tinha grande identificação, mas sou extremamente comprometida e ele é um surfista que tem uma vida maravilhosa, porém que eu acho que a vida não lhe cobrou tanto como cobrou de mim. Por isso, quando tivemos filhos, nos distanciamos mais. Até o primeiro filho, tudo bem, mas quando chegou o casal de gêmeos era só responsabilidade. Era o dia todo. Daí nos separamos. Foi bastante difícil”, disse.

Mesmo assim, elogiou o ex-marido por seu compromisso com a paternidade. “Hoje conheço um pai imensamente mais comprometido e melhor do que aquele que deixei. Isso me faz feliz”, finalizou ela.