Camilla de Lucas: “Luto pela liberdade da mulher usar o cabelo que quiser” (Foto: Reprodução/Instagram)

Camilla de Lucas participou do Mais Você, com Ana Maria Braga, e falou sobre sua transição capilar e do uso de perucas com diferentes estilos de penteados.

+ Familiares dos finalistas do BBB 21 revelam curiosidade sobre cada um
+ Rodolffo fala sobre relação de Arthur e Carla Diaz: “Quem sabe”
+ Juliette posta primeiros stories para os ‘cactos’: “Eu estou emocionada”

“Luto pela liberdade da mulher usar o cabelo que quiser”, ressaltou ela. Ainda na conversa com a apresentadora, confessou que ficou impressionada com o número de seguidores que conquistou por conta do reality.

Relacionados

“Não imaginava que fosse alcançar 10 milhões de seguidores, é número bem alto. Quando a pessoa decide te seguir, significa que elas gostaram e se identificaram com você de alguma forma. O que faz minha conexão com meus seguidores é mostrar minha transparência. Não tenho receio de aparecer sem maquiagem na internet, de mostrar jogada na cama, gosto de mostrar em uma realidade próxima aos outros. Na internet, acho que o segredo é mostrar sua verdade e não esconder quem você é”, contou ela.

Após ver uma cena do BBB 21, que “puxa a orelha” de Thais por usar a bandana do Fiuk, Camilla disse que sempre teve essa postura de aconselhar os amigos. “Sempre admirei essa característica minha de ser leal. Acho que todos gostam de ter alguém em quem confiar, que chame atenção quando estamos errados. Eu gosto. Sou sincerona, falo a verdade mesmo, e não acho legal ver os meus amigos passando vergonha”, justificou.

A vice-campeã do programa ainda comentou que não se arrepende de nada de sua participação no reality. “No BBB, fiz tudo o que tinha de fazer. Em alguns momentos fiquei com a energia mais baixa, saí da zona de conforto, lidei com conflitos até conseguir ficar à vontade. Houve dias em que estive triste, são muitas faíscas, além do que imaginei, mas consegui contornar. Meu caráter não foi questionado e isso me trouxe paz. Saber disso é mais que um prêmio”, concluiu Camilla.