Rapper de 28 anos é encontrado morto após sequestro
  • Rapper de 28 anos é encontrado morto após sequestro

    Rapper Mota Jr é encontrado morto após possível sequestro
    Rapper Mota Jr é encontrado morto após possível sequestro
    Rapper Mota Jr é encontrado morto após possível sequestro

    O rapper português Mota Jr, foi encontrado morto, esta segunda-feira, dia 18, numa zona de mato em Sesimbra. De acordo com a polícia, o corpo estava já em avançado estado de decomposição.

    + Rafa Kalimann dança muito em vídeo do TikTok e deixa fãs boquiabertos
    + Motociclista foge de tentativa de assalto na Jacu Pêssego. Veja o vídeo
    + Mulher em fuga joga picape em cima de policiais intencionalmente
    + Whindersson Nunes posta foto pelado e Roberta Miranda comenta: “piu piu pititico”

    David Parreira Mota, nome do rapper, de 28 anos, teria sido raptado no dia 15 de março por, pelo menos, dois homens. Estes teriam convencido o cantor a sair do apartamento e ir até ao hall do prédio onde vivia, em São Marcos, Sintra, depois disso teria desaparecido.

    A irmã contou à polícia que a vítima desceu de casa até ao hall do prédio e teria terá deixado no apartamento tanto o celular como as chaves do carro.

    Após o sequestro a  casa da família foi assaltada e o dinheiro e ouro do filho desapareceram.
    Após o sequestro a casa da família foi assaltada e o dinheiro e ouro do filho desapareceram.

    A mãe do rapper, Filomena Mota, esteve  no programa A Tarde É Sua, da TVI, e contou detalhes sobre a noite do desaparecimento. No sábado ates do desaparecimento David estava «um pouco preocupado» com o cancelamento de todos os concertos que tinha agendados. Nessa noite terá recebido a visita de um amigo e, pelas 23h30, ambos saíram.

    Por volta das 2h00, Filomena recebeu um telefonema de uma vizinha que lhe perguntou se estava tudo bem com o filho. Na entrada do prédio estavam alguns pertences como chapéu e os chinelos de David. O elevador apresentava manchas de sangue.

    Foi chamada a polícia ao local do ocorrido, mas segundo Filomena «disseram que não podiam fazer nada porque não sabiam se aquele sangue era do David ou de outra pessoa. E foram embora».

    Ainda nessa noite, a mãe do rapper atendeu a chamada de uma garota que teria ligado para o celular de David e que lhe garantiu que ia entrar em casa com ele quando dois indivíduos, que ela não sabe quem são, apontaram uma arma para David e a mandaram embora.

    Mais tarde, quando Filomena foi à polícia prestar declarações, a casa da família foi assaltada e o dinheiro e ouro do filho desapareceram.

    A polícia portuguesa investiga o caso.

    arrow