Agnaldo Timóteo volta para UTI em estado grave. Foto: Reprodução instagram

O cantor Agnaldo Timóteo faleceu neste sábado (3), aos 84 anos. Ele não resistiu às complicações da covid-19.

+ Dona Florinda do Chaves, é vacinada contra covid-19
+ Marido de Paulo Gustavo faz post emocionado após piora na saúde do ator
+ Maurício Vargas, fundador do Reclame Aqui morre vítima de Covid-19 aos 58 anos

Internado desde o dia 17 de março na UTI do Hospital Casa São Bernardo, no Rio de Janeiro, o cantor precisou ser intubado no último dia 27 para tratar o avanço da infecção respiratória gerada pelo coronavírus.

Relacionados

“É com imenso pesar que comunicamos o FALECIMENTO do nosso querido e amado Agnaldo Timóteo. Agnaldo Timóteo não resistiu as complicações decorrentes do COVID-19 e faleceu hoje às 10:45 horas. Temos a convicção que Timóteo deu o seu Melhor para vencer essa batalha e a venceu! Agnaldo Timóteo viverá eternamente em nossos corações! A família agradece todo o apoio e profissionalismo da Rede Hospital Casa São Bernardo nessa batalha”, disse a família em nota.

Agnaldo nasceu em Caratinga, Minas Gerais, em 16 de outubro de 1936 e gravou mais de 50 álbuns desde que iniciou sua carreira musical, no início da década de 1960. Folclórico, polêmico e dono de uma voz marcante, Timóteo foi eleito deputado federal pelo Rio de Janeiro, em 1982, com 503 mil votos. Desde então, assumiu alguns mandatos como deputado federal e vereador no Rio de Janeiro, além de dois mandatos como vereador em São Paulo (2004 e 2008).