Ingrid Guimarães lamenta morte de Paulo Gustavo: “Já era para estar vacinado” (Foto: Reprodução/Instagram)

Após sua participação no Fantástico do último domingo (9), que homenageou Paulo Gustavo, Ingrid Guimarães desabafou sobre a morte do amigo.

+ Irmã de Paulo Gustavo fala sobre morte do ator pela primeira vez: “Ele é minha metade”
+ Arthur, do BBB 21, revela que está recebendo ameaças de morte: “Desanimado”
+ Ingrid Guimarães posa de maiô e brinca com os seguidores

“Paulo Gustavo já era pra estar vacinado. Há 9 meses quando 70 milhões de vacinas foram rejeitadas. Quando a ciência foi descredibilizada. Quando a doença foi minimizada. Muitas mortes teriam sido evitadas”, começou ela.

Relacionados

“Paulo Gustavo deu uma cara pra morte. Mas ela já estava aí nos hospitais públicos sem direito a Ecmo, nem tratamento especial. Ele catalisou a dor coletiva. Porque o humor tem esse poder. Não, ele não tinha NENHUMA comorbidade. Nem aglomerou, era bem cuidadoso”, ressaltou a atriz.

“Sim, parte da graça do Brasil se foi. Pelo negacionismo de um país que tem talento pra alegria. Ou tinha. Não pode ser em vão. Não pode. Por ele e pelas mais de 420 mil mortes. Paulo Gustavo é mais político que a própria política. Se cuidem”, finalizou Ingrid.