• Familiares de Tom Veiga discutem sobre a divisão da partilha de bens

    Familiares de Tom Veiga discutem sobre a divisão da partilha de bens
    Familiares de Tom Veiga discutem sobre a divisão da partilha de bens. (Foto: Reprodução/Instagram)

    Um mês já se completa após a morte do interprete do Louro José, Tom Veiga. Agora os familiares começaram a falar da partilha dos bens deixados por ele. Através de uma vídeo chamada o irmão de Tom, Sérgio Veiga, o advogado da família, os filhos Amanda e Diego, do primeiro casamento com Cristina, além de Alissa e Adrian, da união com Alessandra Euzébio, e a própria Ale, segunda mulher de Tom, discutiram sobre os primeiros passos da divisão da herança.

    +Vagner Oliveira vence Reality Model Show da TVS Play
    +Conheça Dr. Márcio Ravagnani: médico especialista em transplante capilar que faz sucesso nas redes sociais:
    +Andrei Toribio desvenda os segredos da mente e da memorização para favorecer o aprendizado de idiomas

    O mais recente relacionamento de Tom Veiga, Cybelle, com quem se casou em janeiro deste ano, não esteve na reunião. Os dois estavam em processo de divórcio, que teria sido assinado três dias depois da morte do ator, então oficialmente ela ainda era a terceira e última mulher do eterno Louro José.



    Uma casa que Tom havia comprado em Orlando, na Flórida (EUA), já pertence a Alessandra e seus filhos, desde o divórcio, em 2018. Mas ele pode ter deixado um testamento em nome dos herdeiros legais: “pode não parecer, mas o Tom era muito precavido e certinho com essas coisas. Ele tinha um bom salário, propriedades e bens que queria deixar para os filhos. Com a saúde fragilizada, ele pensava no futuro da família”, afirmou um amigo de Tom.

    Já a casa em que ele estava morando e na qual foi encontrado morto, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, era alugada.

     

    Ver essa foto no Instagram

     

    Uma publicação compartilhada por Tom Veiga/fotos exclusivas (@tomveigamemory)

    arrow