• Vitória Strada fala sobre sexualidade e relacionamento com Marcella Rica: “Muito natural para mim”

    Vitória Strada fala sobre sexualidade e relacionamento com Marcella Rica: "Muito natural para mim"
    Vitória Strada fala sobre sexualidade e relacionamento com Marcella Rica: “Muito natural para mim” (Foto: Reprodução/Instagram)

    Vitória Strada e Marcella Rica estamparam a capa da Glamour. Juntas desde 2019, as duas comentaram sobre sexualidade e como o relacionamento evoluiu para o pedido de casamento, feito no Réveillon de 2020.

    + Vitória Strada e Marcella Ricca fazem postagem juntas contra a homofobia
    + Tico Santa Cruz, do Detonautas, se torna alvo de preconceito após dizer que tem ‘sexualidade fluida’
    + Rafa Kalimann posta pedido de desculpas após compartilhar vídeo lgbtfóbico

    Sobre a descoberta de sua sexualidade, Vitória contou que nunca pensou nisso como um tabu. “Era a primeira vez que sentia algo por uma mulher, foi um processo interno até entender que realmente estava gostando dela. Sempre fui muito pé no chão. A chave foi eu não me julgar ou questionar. A bissexualidade é muito natural para mim. Nunca foi tabu. Fui com calma em todos os meus relacionamentos, para entender se eu queria estar ali. Demorei um pouco mais para sacar se aquilo que eu sentia por ela era algo além da amizade”, explicou a atriz.



    Marcella revelou quando percebeu que estava apaixonada pela noiva. “Teve um momento, voltando do Carnaval na Sapucaí, em 2020, antes da pandemia, dentro do ônibus. Percebi que não conseguia olhar fixamente para ela. Ela acessou um lugar em mim que eu não estava esperando”, disse.

    Em relação à vida sexual do casal, Marcella foi direta: “Ninguém pensa em casar quando a coisa não é boa. Casamento é casamento. É encontrar encaixe em diversas áreas. Inclusive nessa.”

    Vitória também acrescentou seu pensamento sobre sexo e sua importância em um relacionamento. “Minhas amigas ficaram chocadas: ‘Você sempre gostou de transar com homens, nunca ouvi queixas’. Nunca reclamei. Estava tudo certo. Mas quando você gosta da pessoa e está pronta para escutar o outro… O sexo é uma escuta, uma troca. As pessoas o veem como algo restrito ao órgão sexual masculino. A sociedade impede que mulheres conheçam os próprios corpos para saber o que gostam ou não, o que nos fazem felizes ou não. Sexo é uma troca que tem que acontecer. E, no nosso caso, aconteceu. Acredito também que o sexo é político”, concluiu.

    + Dicas fáceis de como limpar panela queimada
    + 19 erros que você não pode cometer ao planejar a cozinha
    + 26 curiosidades sobre a Porsche

    arrow