O Artista e apresentador Daniel Azulay morreu na noite desta sexta-feira (27/3), no Rio de janeiro. Daniel, de 72 anos, estava internado há duas semanas no CTI da Clínica São Vicente, na Gávea, zona sul carioca. Daniel lutava contra a leucemia e contraiu o novo coronavírus.

De todas suas criações, a que faz mais sucesso entre a criançada é a ‘Turma do Lambe-Lambe’. Criada em 1975, a atração ficou no ar durante quinze anos consecutivos em duas redes de televisão: Bandeirantes e Educativa.

+ A realidade de Madhu: livro descreve pandemia em 2020 e viraliza
+ Madonna faz homenagem para ator morto vítima do coronavírus
+ Com covid-19, Luisa Mell dedica post ao marido
+ Ator de “Crocodilo Dundee” morre com coronavírus aos 69 anos

Em 1996 retornou à Band Rio por mais quatro anos apresentando seu programa de TV ‘Oficina de Desenho Daniel Azulay’. Em 2003, 2004 e 2005 apresentou a ‘Turma do Lambe-Lambe’ na TV Rá-Tim-Bum, da TV Cultura, e ‘Azuela do Azulay’ no Canal Futura.

Durante mais de uma década, Daniel Azulay influenciou a geração dos anos 80 como pioneiro, ensinando muita gente pela TV a fazer brinquedos de sucata, esculturas de bexiga, a brincar e desenhar usando a imaginação com jogos de raciocínio.

A família do artista já chegou ao hospital para fazer a liberação do corpo. Deido ao coronavírus Daniel vai ser cremado e não terá velório.