• Meghan Markle revela que sofreu aborto em julho deste ano: “dor quase insuportável”

    Meghan Markle revela que sofreu aborto em julho deste ano: "dor quase insuportável"
    Meghan Markle revela que sofreu aborto em julho deste ano: “dor quase insuportável” (Foto: Ben Birchall – WPA Pool / Getty Images)

    Meghan Markle, casada com o príncipe Harry, revelou em artigo para o The New York Times, publicado nesta quarta-feira (25), que sofreu um aborto espontâneo em julho deste ano. Em maio de 2019 o casal teve o primeiro filho, Archie.

    +Jennifer Lopez e o noivo recebem críticas ao alegarem visitar família em meio a pandemia
    +Luana Piovani responde fã sobre “dublê de bumbum” de forma inusitada
    +Franciny Ehlke, novo affair de Luan Santana, diz: “Melhor fase da minha vida”



    A Duquesa de Sussex explicou que estava grávida, porém, em uma manhã sentiu uma cãibra muito forte, e que horas depois, já hospitalizada. “Vi o coração do meu marido se partir enquanto ele tentava recolher os meus pedaços“, revelou.

    Eu sabia, enquanto agarrava meu primogênito, que estava perdendo o meu segundo filho […] Perder um filho significa carregar uma dor quase insuportável, vivida por muitos, mas mencionada por poucos. Na dor da nossa perda, meu marido e eu descobrimos que em um quarto com 100 mulheres, 10 a 20 delas sofreram aborto espontâneo. No entanto, apesar da impressionante semelhança dessa dor, a conversa permanece um tabu, repleta de vergonha (injustificada) e perpetuando um ciclo de luto solitário. Algumas tem corajosamente compartilhado suas histórias; elas abriram a porta, sabendo que quando uma pessoa fala a verdade, isso dá licença para todas nós fazermos o mesmo”, disse Meghan no artigo.

    Recentemente, o Príncipe Harry e Meghan Markle renunciaram a realeza britânica e decidiram se mudar para a Califórnia, nos Estados Unidos. Após ser procurada, a Família Real não quis comentar sobre o abordo da Duquesa por se tratar de “um assunto profundamente pessoal que não comentaremos“.

    arrow