• Mãe de Gugu Liberato revela que não queria doar órgãos do filho

    Mãe de Gugu Liberato revela que não queria doar órgãos do filho
    Mãe de Gugu Liberato revela que não queria doar órgãos do filho (Foto: Reprodução/Youtube)

    Em entrevista ao Jornal da Record, Maria do Céu, mãe de Gugu Liberato, que morreu em novembro do ano passado, aos 60 anos de idade, disse que inicialmente teve receio em doar os órgãos do filho.

    + Aos 60 anos, morre Gugu Liberato, após acidente doméstico nos EUA
    + Mãe dos filhos de Gugu ganha direito a pensão de R$ 100 mil por mês
    + Sobrinho de Gugu Liberato posta última foto do tio junto a família



    Ela explicou que tinha medo que o procedimento deformasse o corpo do filho, mas foi convencida quando lhe explicaram que não haveriam alterações no corpo. “Eu nem queria assinar, no começo, para tirarem as coisas do corpo dele porque ele iria ficar deformado”, afirmou.

    A morte de Gugu completará um ano no próximo sábado (21) e a família do apresentador irá lançar uma campanha, chamada #GuguVive, que busca incentivar as doações de órgãos.

    “Então, por isso que eu falo, as pessoas que quiserem doar, que elas não tenham medo que a pessoa vá ficar deformada, porque ela vai ficar igualzinha como ela era. O Gugu ficou igualzinho como ele era. Nem se notava que ele tinha tirado a córnea, que ele tinha tirado qualquer órgão”, completou Maria.

    Ela ainda afirmou que gostaria de conhecer quem recebeu o coração do filho. “Eu queria abraçar, queria, sei lá, queria sentir o coração dele batendo, escutar o coração dele pertinho. Já pensou, que coisa linda isso?”, explicou.

    A irmã de Gugu, Aparecida, contou que ele sempre quis que seus órgãos fossem doados. “Uma vez ou outra, nós havíamos conversado sobre isso e ele disse que queria. ‘Ah, quando eu morrer, eu vou querer doar meus órgãos, fazer o bem para outras pessoas’. Era uma situação muito difícil porque foi uma perda nossa muito dolorosa e foi uma decisão tomada no hospital. Já estava reconhecida a morte encefálica e vieram nos procurar”, disse.

    “Que as pessoas expressem seu desejo de doar os órgãos depois da sua morte física e que as pessoas cumpram a vontade do familiar que falece para que cada vez mais gente possa sobreviver com esses órgãos”, completou Aparecida.

    Veja também:

    + A brasileira Simone Barreto Silva, é uma das vítimas do ataque em igreja na França

    + Whindersson Nunes e estudante catarinense são flagrados juntos no Amazonas

    + Juliana Caetano responde a seguidor que fez comentário ofensivo. Veja o vídeo

    + WhatsApp vai permitir silenciar contatos, conversas e grupos “para sempre”

    + Juliana Caetano faz vídeo de lingerie e mostra suas três ‘gêmeas’

    + Jovem é atropelado 2 vezes ao tentar separar briga de casal em Londrina; veja o vídeo

    + Vídeo mostra caça russo Su-57 voando sem a cobertura protetora

    + Juliana Caetano faz vídeo de lingerie e mostra suas três ‘gêmeas’

    + Calor excessivo: veterinária dá dicas para cuidar dos pets

    + Golden retriever obeso é abandonado, ganha nova família e perde 45 kg

    + Artista recria rostos de imperadores romanos

    + Maísa Silva não renova contrato após 13 anos de SBT

    + MC Mirella reclama da falta de organização em ‘A Fazenda 12’

    + Novas informações, fotos e vídeo da nova Honda H’ness CB 350

    + Aprenda a fazer o ‘bolo toalha felpuda’ da Ana Maria Braga

    + Como falar ‘Eu te amo’ em 30 línguas

    + Confira alista das 10 das atrizes mais bem pagas em 2020

    + Torcida de hóquei arrecada 10 mil bichos de pelúcia e bate recorde

    + Churrasco: Dicas de como limpar a grelha de uma forma fácil

    arrow