Karina Bacchi revela como conheceu seu marido e conta como será seu novo programa - Instafamosos
  • Karina Bacchi revela como conheceu seu marido e conta como será seu novo programa

    Karina Bacchi

    A apresentadora Karina Bacchi contou, em entrevista a Luciana Gimenez na última terça-feira (16), como conheceu seu marido, Amaury Nunes. O bate papo aconteceu no programa “Luciana By Night”, da mesma emissora.

    Na entrevista, Karina contou que Amaury Nunes já queria conhecê-la há alguns anos, antes mesmo dela se separar do marido, Sérgio Amon, mas que os dois só se encontraram 20 dias depois do nascimento de seu filho, Enrico, de quase dois anos. Karina optou por uma produção independente para gerar o bebê, depois do término de seu casamento.

    “Desde o primeiro momento teve um encontro de almas, de se sentir em paz na companhia do outro, de que aquilo era para ser”, revelou. “Tive receio, porque estava começando uma vida completamente nova, de mãe, mas ele foi me conquistando”, disse.

    Karina também contou que, apesar da sintonia, ficou surpresa quando Amaury a pediu em casamento. “Veio a aliança junto com a sobremesa, e me deu uma crise de riso de nervoso”, lembra. “Em seguida, comecei a chorar”.

    A apresentadora revelou ainda que ela e Amaury vão mudar a certidão de nascimento de Enrico para incluir o nome de Amaury como pai no documento. “Eles já se sentem pai e filho”, disse. Ela disse que foi cautelosa no início do relacionamento e Amaury respeitou o tempo dela até chegar na decisão de colocar o nome do marido na certidão do filho.

    Durante o bate-papo, Karina também falou sobre seu novo programa, um reality show chamado “Melhor Pra Elas”, também da Rede TV!, que vai falar sobre empoderamento feminino e procurar elevar a auto estima das mulheres.

    Segundo a apresentadora, as participantes do programa são mulheres que passaram por situações de abuso ou de machismo e redescobriram o amor próprio.

    Karina acredita que ela própria seja um exemplo de assumir suas próprias escolhas e de não ter medo de tomar caminhos diferentes da maioria, já que ela optou pela produção independente para gerar seu filho, uma maneira diferente da convencional de formar uma família.

    arrow