Demi Lovato revela que traficante a assediou na noite de sua overdose (Foto: Reprodução/Instagram)

Demi Lovato revelou, em entrevista ao New York Times, mais e novos detalhes sobre sua experiência de quase morte, após sofrer uma overdose em 2018.

+Antônia Morais posta clique sensual com sutiã transparente: ‘festa de dois’
+Ex-BBB Adriana Sant‘Anna brinca com a selfie da sogra
+Vídeo inédito mostra Patrick Swayze e Jennifer Grey ensaiando para ‘Dirty Dancing’

Segundo a cantora revelou, o traficante que levou heroína para ela na noite de sua overdose a “assediou sexualmente e a deixou para morrer”. Demi sofreu três derrames, uma parada cardíaca, falência de órgãos, pneumonia por ter asfixiado em seu vômito e uma perda de visão temporária.

Relacionados

Mais detalhes sobre o todo o caso a cantora irá contar no documentário ‘Dancing With The Devil’, que será lançado em quatro episódios no dia 23 de março. Ela também anunciou um novo álbum de mesmo nome para 2 de abril.