• Atriz de Malhação faz desabafo após vídeo publicado em site pornô

    Atriz de Malhação faz desabafo após vídeo publicado em site pornô
    Atriz de Malhação faz desabafo após vídeo publicado em site pornô. Foto: reprodução instagram

    Pillar Costa, atriz que participou da novela “Malhação” em 2019, disse em um vídeo publicado em seu canal no YouTube, ter entrado em depressão após ver um vídeo seu ser publicado em um site pornô sem sua permissão. “Pensei em me matar de verdade“.

    + Terremoto em Fortaleza assusta moradores e internautas
    + Fotos íntimas de apresentadora italiana são vazadas em aplicativos de mensagens no Brasil
    Ator do Disney Channel, Sebastian Athié, morre aos 24 anos

    + Tati Zaqui surpreende ao mostrar ‘antes e depois’ da fama
    + Donos fazem tatuagens de gato, e o resultado vai do belo ao assustador; veja fotos

    As imagens já foram retiradas do ar. Nelas, Pillar aparece vestida e dançando funk. A atriz ficou sabendo que foi parar no site pornô por seu pai, que ligou de Ubá, em Minas Gerais, para ela. “Meu pai, de 71 anos, muito nervoso, me peguntando se eu tinha vindo para o Rio para virar prostituta. Foi um choque até processar tudo isso. Quando entrei no site e digitei meu nome, achei um vídeo meu dançando funk, de roupa, que tinha gravado para um canal de humor. O título era: A dançarina mais gostosa Pillar”, contou.

    Pillar pediu ao site que o vídeo fosse retirado do ar e foi atendida em menos de 24 horas. No entanto, a relação de Pillar com o pai ficou estremecida. “Meu pai ficou dois meses sem falar comigo. Muita gente me apontava [o dedo], me questionava. Descobri que já sabiam antes mesmo de me avisarem e aquilo me consumiu”, disse.

    Após o ocorrido, Pillar criou um projeto para ajudar mulheres que tenham passado por situações parecidas para seu canal no YouTube. “O que eu posso ajudar é com o apoio para que elas mostrem a cara e denunciem o que passam. Digo que não sou psicóloga, mas encaminho para parceiras que dão orientação terapêutica e jurídica. O objetivo é unir mulheres que passam passam pelo mesmo para que elas não sejam vítimas para sempre. É preciso transformar o negativo em positivo”.

    Fonte: Saiba de Tudo

    arrow