• As mulheres de 45+ são representadas nas redes sociais pela influenciadora gaúcha Patricia Parenza

    As mulheres de 45+ são representadas nas redes sociais pela influenciadora gaúcha Patricia Parenza. Foto: Divulgação
    As mulheres de 45+ são representadas nas redes sociais pela influenciadora gaúcha Patricia Parenza. Foto: Divulgação

    Com mais de 25 anos de experiência em jornalismo feminino, assinando inúmeros projetos de tevê, consultoria para grifes, palestras e eventos de moda, Patricia se redescobriu em 2020 como comunicadora digital.

    Suas lives no instagram tem atraído muitas mulheres, tanto na audiência quanto na qualidade das convidadas. Patricia, durante a pandemia, conversou com Claudia Raia, Monica Marteli, Carla Camurati, Martha Medeiros, Maitê Proença, Consuelo Blocker, entre outras.



    “Meu discurso está sendo atrelado a auto estima. As mulheres com mais de 45 anos começam a se sentir invisíveis, sem valor.” comenta a jornalista e consultora de moda.

    “No meu instagram eu compartilho fotos de looks que podem ser usados em qualquer idade, inclusive na minha: 50 anos recém feitos. E meu estilo de vida, estou sempre tentando estimular as mulheres da minha idade a experimentar o novo. Neste momento estou tendo aulas de patinação, não aprendi quando menina, porque não agora?” conclui a influenciadora.

    Patricia tem esperança que o mercado valorize esta nova mulher adulta. E declara: “não somos representadas na mídia, é incrível descobrir que apenas 2% dos editoriais de moda no mundo foram realizadas com mulheres mais velhas. “No Brasil é feio envelhecer, é falta de educação perguntar a idade de uma mulher. Não é comum uma mulher com 50 anos se sentir sexy e compartilhar isso. “

    Seguir @patriciaparenza é um ótimo jeito de enfrentar o estigma que envelhecer é feio.

    arrow