Modelo e digital influencer Daiane Cunha conta como estão sendo feitos os ensaios fotográficos durante a pandemia. Foto: Divulgação

Daiane Cunha vive na Italia há alguns anos e revela do seu ponto de vista lições aprendidas com a pandemia no país

A pandemia do novo coronavirus afetou praticamente a todos os setores da economia, e o mundo da moda e da beleza não foi uma exceção. Com as proibições a ajuntamentos e aglomerações, ensaios fotográficos e semanas de moda ao redor do mundo foram adiadas, forçando os profissionais dessa indústria a se reinventarem frente a um ‘novo normal’.

A modelo e influenciadora digital Daiane Cunha atua neste segmento há alguns anos. Ela, que vive na Itália, aponta como o surto de covid-19 impactou esses profissionais: “A Itália foi um dos países mais afetados pela pandemia, e com isso tivemos de cumprir a risca o isolamento e distanciamento social, para nossa própria segurança. No entanto, não podíamos deixar de produzir conteúdo, ainda mais em um momento em que todas as pessoas estavam em casa, na frente dos seus smartphones, nas redes sociais, cumprindo a quarentena. Vemos que não só aqui na Italia mas em todo o mundo, estes profissionais precisaram se adequar ao ‘novo normal’. ”

Daiane também ressalta quais foram as principais soluções encontradas durante a pandemia: “Nós passamos por um momento onde todos os modelos e digital influencers tiveram que se renovar e produzir conteúdo relevante dentro de casa. Houveram muitos pontos positivos quanto a isso, mas também tivemos um grande ponto negativo, por termos de lidar com a nossa saúde mental e emocional em uma situação de isolamento. Não foi nada fácil. Além disso, foi preciso se manter produtivo apesar de todo esse clima de incertezas. Com o isolamento e a quarentena também surgiram soluções criativas e inovadoras, de profissionais de fotografia e dos modelos. Aconteceram muitos ensaios incríveis que tomaram partido das tecnologias mais atuais. Aprendemos também a explorar ambientes dentro das nossas casas. Grandes marcas como a Zara também aderiram a este novo normal e as fotos da sua nova coleção foram feitas todas em casa e não mais em estúdio.”