O fundador do Rappa, compositor, baterista e ativista carioca Marcelo Yuka, morreu, às 23h40 desta sexta-feira (18/1), aos 53 anos, em decorrência de um acidente vascular cerebral (AVC) isquêmico.

Ele estava internado no hospital Quinta D’Or, em São Cristóvão, e na madrugada do dia 4 de janeiro entrou em coma induzido.

Marcelo Yuka foi um dos fundadores do Rappa em 1993, e permaneceu na banda até 2001, pouco tempo após ficar paraplégico. A saída nao foi amigável e teve tons de amargura. Ele dizia que tinha sido “tirado da banda 50% por ganância, 50% por poder”. A partir de então, o Rappa e Yuka seguiram caminhos diferentes.