Carlos Alberto da Nóbrega diz que ficou 11 anos sem falar com Silvio Santos: "Ele era deslumbrado" - Instafamosos
  • Carlos Alberto da Nóbrega diz que ficou 11 anos sem falar com Silvio Santos: “Ele era deslumbrado”

    Carlos Alberto da Nóbrega

    O apresentador, roteirista e diretor de televisão Carlos Alberto da Nóbrega, 83, revelou em uma entrevista ao programa “Tricotando” de Rede TV, publicada nesta quarta-feira, que ficou 11 anos sem falar com Silvio Santos, 88, que era um de seus melhores amigos.

    “Ele estava deslumbrado com o sucesso, com o dinheiro que ele estava ganhando, com o poder. E o poder é pior que o dinheiro”, disse. “Eu tinha perdido meu pai e minha mãe, por câncer, filho único, aos 40 anos de idade. Eu estava totalmente desequilibrado e era um cara estourado, e eu briguei com ele. Depois vi que estava errado, porque me envenenaram”, afirmou.

    Nóbrega disse que morria de saudades do dono do SBT, porque eles eram muito amigos. “Ele falou algumas coisas que me doeram, mas eu briguei com ele, não foi ele que brigou comigo”, afirmou.

    Segundo Carlos Alberto da Nobrega, quem ajudou na reconciliação dos dois foi um tio dele, que era médico de uma das filhas de Silvio Santos.

    “Quando nos reencontramos nos abraçamos e choramos”, disse.

    Nóbrega disse que, depois da reconciliação, propôs que Silvio contratasse “A Praça É Nossa”. O dono do SBT então seguiu a sugestão do amigo e, em 1987, levou o programa para sua emissora, oferecendo um salário de R$ 300 mil por mês a Nóbrega.

    arrow